Virtualização de pagamentos: evolução essencial para o crescimento do varejo

Cotações e Índices

Moedas - 26/03/2019 09:45:51
  • Nome
  • Compra
  • Venda
  • Comercial
  • 3,857
  • 3,859
  • Paralelo
  • 3,850
  • 4,060
  • Turismo
  • 3,700
  • 4,010
  • Euro
  • 4,347
  • 4,351
  • Iene
  • 0,035
  • 0,035
  • Franco
  • 3,879
  • 3,880
  • Libra
  • 5,106
  • 5,109
  • Ouro
  • 163,280
  •  
Mensal - 14/02/2019
  • Índices
  • Dez
  • Jan
  • Inpc/Ibge
  • 0,14
  • 0,36
  • Ipc/Fipe
  • 0,09
  • 0,58
  • Ipc/Fgv
  • 0,21
  • 0,57
  • Igp-m/Fgv
  • -0,49
  • 0,01
  • Igp-di/Fgv
  • -0,45
  • 0,07
  • Selic
  • 0,49
  • 0,54
  • Poupança
  • 0,50
  • 0,50
  • TJLP
  • 0,56
  • -
  • TR
  • -
  • -

Obrigações Tributárias do Dia

  • 29/Março/2019
  • IOF | Imposto sobre Operações Financeiras.
  • COFINS/PIS-PASEP | Retenção na Fonte – Autopeças
  • IRPJ/CSL | Imposto de Renda Pessoa Jurídica e da Contribuição Social sobre o Lucro | Apuração mensal.
  • IRPJ/CSL | Imposto de Renda Pessoa Jurídica e da Contribuição Social sobre o Lucro | Apuração trimestral
  • IRPJ/CSL - Lucro real anual - Saldo de 2018
  • IRPJ | Imposto de Renda Pessoa Jurídica | Renda variável
  • IRPJ/Simples Nacional | Ganho de Capital na alienação de Ativos
  • IRPF | Imposto de Renda Pessoa Física
  • FINOR/FINAM/FUNRES | Apuração mensal
  • FINOR/FINAM/FUNRES | Apuração trimestral
  • REFIS/PAES | Programa de Recuperação Fiscal
  • REFIS | Programa de Recuperação Fiscal
  • PAEX 1 | Parcelamento Excepcional
  • PAEX 2 | Parcelamento Excepcional
  • Simples Nacional | Parcelamento Especial
  • INSS | Previdência Social | Simples Nacional | Parcelamento Especial
  • Previdência Social (INSS) | Programa de Modernização da Gestão e de Responsabilidade Fiscal do Futebol Brasileiro | Profut || Parcelamento de débitos junto à RFB e à PGFN
  • Previdência Social (INSS) | Programa de Recuperação Previdenciária dos Empregadores Domésticos - Redom (Parcelamento de débitos em nome do empregado e do empregador domésticos junto à PGFN e à RFB)
  • DOI | Declaração de Operações Imobiliárias
  • DME | Declaração de Operações Liquidadas com Moeda em Espécie
  • Declaração de Benefícios Fiscais (DBF)
  • Informações prestadas pelas entidades de previdência complementar, sociedades seguradoras e administradoras de Fapi
  • Declaração de Rendimentos Pagos a Consultores por Organismos Internacionais (Derc)
  • Declaração de Transferência de Titularidade de Ações (DTTA)
O que você achou do nosso novo site?
Ótimo
Bom
Regular

A virtualização dos pagamentos online vem evoluindo e ganhando mais relevância no e-commerce. A chamada "compra com 1 clique”, na qual o consumidor não mais precisa digitar os dados de pagamento, uma vez que estes já estão configurados de forma protegida em um sistema de informação, garante ao consumidor uma experiência de compra online mais rápida e agradável.

Os pagamentos virtualizados dominarão o e-commerce e, muito em breve, também se tornarão mais representativos em compras do mundo físico. Trata-se de uma tendência universal, ótima para os lojistas, já que favorece uma melhor conversão devido a sua agilidade e, ao mesmo tempo, elimina os riscos de vazamento dos dados do cartão. Para os consumidores, melhora a usabilidade da compra, pois garante mais segurança, conforto e agilidade neste processo, além de tornar viável a compra por intermédio de dispositivos móveis, inicialmente com baixa conversão neste aspecto pela dificuldade na digitação de dados através do celular.

Embora ainda não consolidada, a virtualização de pagamento apresenta diversas alternativas de implementação e sofisticação, como a autenticação com biometria e outros recursos que certamente devem surgir com os avanços tecnológicos. No ano passado, foram registradas 11,5 bilhões de transações com cartões de crédito e débito no Brasil, de acordo com a Associação Brasileira das Empresas de Cartões (Abecs), um aumento de 9,7% em relação a 2014.

Desafios inerentes da operação como no “onbording” de novos clientes ou o primeiro cadastramento dos dados do pagamento merecem total atenção e cuidados especiais do setor de varejo, pois isso determinará a integridade dos dados salvos e sua utilização no processo virtual de pagamento e, por consequência, a confiabilidade do consumidor, elevando ainda mais a importância de contratar serviços que atendam a todas as exigências mundiais de segurança, sendo mais um elemento importante para aumentar a conversão de vendas. Se bem equacionada, a virtualização pode se tornar uma ferramenta poderosa para combater a fraude online, um dos principais desafios do comércio eletrônico, não somente por sua contribuição na autenticação de clientes, mas principalmente, pela redução do custo de prevenção e análise da fraude, permitindo que os lojistas redirecionem esta verba para um uso mais estratégico.

Este é um tema essencial para o desenvolvimento do setor de pagamentos e merece total atenção de todos os players relevantes do mercado. A virtualização é um bom exemplo em que a alta tecnologia é aplicada para simplificar a vida dos consumidores e lojistas e fomentar a economia do país.

Gastão Mattos

Fonte: administradores.com.br


Site desenvolvido pela TBrWeb (XHTML / CSS)
Visitas ao site: 53416
Leal Contábil e Consultoria  |  Fone 98. 3312 6092  Avenida Colares Moreira, Quadra 28, Lote 07
Edifício Vinicius de Moraes, sala 901 | Bairro Calhau | CEP: 65.071-322 | São Luís - Maranhão