Renegocie sua dívida

Cotações e Índices

Moedas - 18/01/2019 16:18:40
  • Nome
  • Compra
  • Venda
  • Comercial
  • 3,760
  • 3,761
  • Paralelo
  • 3,730
  • 3,920
  • Turismo
  • 3,610
  • 3,910
  • Euro
  • 4,271
  • 4,275
  • Iene
  • 0,034
  • 0,034
  • Franco
  • 3,779
  • 3,778
  • Libra
  • 4,846
  • 4,851
  • Ouro
  • 154,100
  •  
Mensal - 06/12/2018
  • Índices
  • Set
  • Out
  • Inpc/Ibge
  • 0,21
  • 0,40
  • Ipc/Fipe
  • 0,39
  • 0,48
  • Ipc/Fgv
  • 0,34
  • 0,48
  • Igp-m/Fgv
  • 1,52
  • 0,89
  • Igp-di/Fgv
  • -
  • 0,26
  • Selic
  • 0,47
  • 0,54
  • Poupança
  • 0,50
  • 0,50
  • TJLP
  • 0,55
  • 0,55
  • TR
  • -
  • -

Obrigações Tributárias do Dia

  • 21/Janeiro/2018 – 2ª Feira.
  • Simples Nacional.
  • IRPJ/CSL/PIS/COFINS | Incorporações imobiliárias | Regime Especial de Tributação – PMCMV.
  • IRPJ/CSL/PIS/COFINS | Incorporações imobiliárias | Regime Especial de Tributação.
  • Previdência Social (INSS) | Parcelamento excepcional de débitos de Pessoas Jurídicas.
  • Parcelamento especial da Contribuição Social do salário-educação.
  • Previdência Social (INSS) | Parcelamento Especial de Débitos - PAES.
O que você achou do nosso novo site?
Ótimo
Bom
Regular

POR MARIA INÊS DOLCI

Você deve e deseja pagar a dívida, mas com um valor que caiba no orçamento? O caminho é renegociar o pagamento do débito. O ideal é procurar o fornecedor e tentar acertar o parcelamento da dívida em mais vezes.

Deve-se analisar detalhadamente o contrato do financiamento (valor, juros e o valor das parcelas). Confira as parcelas em aberto e calcule o que é possível você aceitar na negociação. Faça a solicitação por escrito e dê prazo para resposta. Exija o Custo Efetivo Total, que envolve tudo que faz parte da cobrança.

Caso a negociação não surta resultado outra possibilidade é pagar a dívida em juízo. Mas só é cabível a partir do momento que o credor cometer abusos com cobranças de altas taxas de juros, desobediência ao pactuado em contrato, ou quando o credor não quer receber o débito, entre outros motivos.

O credor não é obrigado a renegociar. Mas se ele aceitar novas condições e você deixar de cumprir alguma parcela do acordo sua situação volta à estaca zero, com a dívida a ser quitada em menos tempo. Por isso, ao renegociar cuidado para não aceitar condições que o seu orçamento não comporta.

Fonte: mariainesdolci.blogfolha.uol.com.br


Site desenvolvido pela TBrWeb (XHTML / CSS)
Visitas ao site: 51685
Leal Contábil e Consultoria  |  Fone 98. 3312 6092  Avenida Colares Moreira, Quadra 28, Lote 07
Edifício Vinicius de Moraes, sala 901 | Bairro Calhau | CEP: 65.071-322 | São Luís - Maranhão