Como encontrar o equilíbrio profissional x pessoal?

Cotações e Índices

Moedas - 24/05/2019 13:15:31
  • Nome
  • Compra
  • Venda
  • Comercial
  • 4,026
  • 4,028
  • Paralelo
  • 4,020
  • 4,210
  • Turismo
  • 3,870
  • 4,190
  • Euro
  • 4,509
  • 4,511
  • Iene
  • 0,037
  • 0,037
  • Franco
  • 4,020
  • 4,020
  • Libra
  • 5,114
  • 5,117
  • Ouro
  • 166,100
  •  
Mensal - 06/05/2019
  • Índices
  • Fev
  • Mar
  • Inpc/Ibge
  • 0,54
  • 0,77
  • Ipc/Fipe
  • 0,54
  • 0,51
  • Ipc/Fgv
  • 0,35
  • 0,65
  • Igp-m/Fgv
  • 0,88
  • 1,26
  • Igp-di/Fgv
  • 1,25
  • 1,07
  • Selic
  • 0,49
  • 0,47
  • Poupança
  • 0,50
  • 0,50
  • TJLP
  • 0,59
  • 0,59
  • TR
  • -
  • -

Obrigações Tributárias do Dia

  • 31/Maio/2019
  • IOF | Imposto sobre Operações Financeiras
  • COFINS/PIS-PASEP | Retenção na Fonte – Autopeças
  • IRPJ/CSL | Imposto de Renda Pessoa Jurídica e da Contribuição Social sobre o Lucro | Apuração mensal
  • IRPJ/CSL | Imposto de Renda Pessoa Jurídica e da Contribuição Social sobre o Lucro | Apuração trimestral
  • IRPJ | Imposto de Renda Pessoa Jurídica | Renda variável
  • IRPJ/Simples Nacional | Ganho de Capital na alienação de Ativos
  • IRPF | Imposto de Renda Pessoa Física
  • FINOR/FINAM/FUNRES | Apuração mensal
  • FINOR/FINAM/FUNRES | Apuração trimestral
  • REFIS/PAES | Programa de Recuperação Fiscal
  • REFIS | Programa de Recuperação Fiscal
  • PAEX 1 | Parcelamento Excepcional
  • PAEX 2 | Parcelamento Excepcional
  • Simples Nacional | Parcelamento Especial
  • INSS | Previdência Social | Simples Nacional | Parcelamento Especial
  • Previdência Social (INSS) | Programa de Modernização da Gestão e de Responsabilidade Fiscal do Futebol Brasileiro | Profut || Parcelamento de débitos junto à RFB e à PGFN
  • Previdência Social (INSS) | Programa de Recuperação Previdenciária dos Empregadores Domésticos - Redom (Parcelamento de débitos em nome do empregado e do empregador domésticos junto à PGFN e à RFB)
  • DOI | Declaração de Operações Imobiliárias
  • DME | Declaração de Operações Liquidadas com Moeda em Espécie
  • IRPF - Imposto de Renda sobre a Pessoa Física
  • Contribuição Sindical (empregados)
  • Escrituração Contábil Digital (ECD)
  • Salário-família | Comprovante de frequência à escola
  • Declaração Anual do Simples Nacional (DASN-Simei/2018)
O que você achou do nosso novo site?
Ótimo
Bom
Regular

A recomendação para esquecer os problemas pessoais ao chegar ao trabalho é recorrente no mundo corporativo. Mas, poucos são os profissionais que conseguem manter esse equilíbrio. Isso acontece porque a linha que separa amor e ódio, racional e irracional, pessoal e profissional é muito tênue. No fundo, como muitos dizem, na verdade o que é preciso é saber viver.

Incansavelmente nós buscamos o equilíbrio entre nossas vidas e carreiras. Contudo, se você parar para pensar sobre a frase “o profissional deve deixar seus problemas em casa”, poderá observar o quanto ela é curiosa, visto que parte da premissa de que temos uma tecla de “liga-desliga” em nosso cérebro, onde simplesmente seria possível “desconectarmos” dos nossos problemas pessoais, a partir do momento em que iniciamos nossas atividades profissionais, logo ao chegarmos ao nosso serviço. O que, definitivamente, não é verdade.

Mas, como devemos proceder então? Como trabalhar bem e atender os clientes com um sorriso no rosto, mesmo estando cheios de preocupações?

Para aqueles que gostam do que fazem, eu diria que ir trabalhar até ajuda a recuperar as forças para enfrentar o problema que “ficou em casa”. Funciona como um “descanso” da carga pesada provocada por aquele problema. Momentos alegres e descontraídos no trabalho nos fazem esquecer, ainda que por pouco tempo, os problemas que enfrentamos. Para muitos profissionais, o trabalho funciona como um “santo remédio” para suportar melhor alguma dor ou vencer determinadas situações.


Agora, se você está pensando como ficar bem no trabalho apesar de seus problemas pessoais, te convido a uma reflexão. A dificuldade não está no lugar e sim no problema em si. Você não deve prejudicar sua vida profissional, porque está com problemas pessoais, muito menos prejudicar sua vida pessoal, porque está com problemas no trabalho. Ao contrário!
Busque ser feliz no trabalho, ainda que em situações extremas isso signifique trocar de empresa ou profissão. Isso o ajudará a enfrentar seus problemas pessoais. Busque ser feliz em sua vida pessoal, isso o ajudará a ser feliz no trabalho. Uma coisa leva a outra. É um ciclo virtuoso.

Concentre-se em resolver seus problemas, pois assim eles deixarão de te incomodar e ainda poderão fortalecer seus pontos fortes, lhe dando cada vez mais força para lutar, aumentando sua autoestima, te revigorando. Basta você começar! Lembre-se, para cada desafio que nos é apresentado, sempre há uma forma positiva de ver a situação.

Luciano Zorzal 

Fonte: administradores.com.br


Site desenvolvido pela TBrWeb (XHTML / CSS)
Visitas ao site: 55715
Leal Contábil e Consultoria  |  Fone 98. 3312 6092  Avenida Colares Moreira, Quadra 28, Lote 07
Edifício Vinicius de Moraes, sala 901 | Bairro Calhau | CEP: 65.071-322 | São Luís - Maranhão