Distribuidora de energia terá de oferecer opção de tarifa menor fora do horário de pico

Cotações e Índices

Moedas - 23/05/2019 16:29:44
  • Nome
  • Compra
  • Venda
  • Comercial
  • 4,048
  • 4,048
  • Paralelo
  • 4,010
  • 4,220
  • Turismo
  • 3,880
  • 4,210
  • Euro
  • 4,525
  • 4,527
  • Iene
  • 0,037
  • 0,037
  • Franco
  • 4,037
  • 4,036
  • Libra
  • 5,120
  • 5,125
  • Ouro
  • 164,140
  •  
Mensal - 06/05/2019
  • Índices
  • Fev
  • Mar
  • Inpc/Ibge
  • 0,54
  • 0,77
  • Ipc/Fipe
  • 0,54
  • 0,51
  • Ipc/Fgv
  • 0,35
  • 0,65
  • Igp-m/Fgv
  • 0,88
  • 1,26
  • Igp-di/Fgv
  • 1,25
  • 1,07
  • Selic
  • 0,49
  • 0,47
  • Poupança
  • 0,50
  • 0,50
  • TJLP
  • 0,59
  • 0,59
  • TR
  • -
  • -

Obrigações Tributárias do Dia

  • 24/Maio/2019
  • COFINS
  • PIS/Pasep
  • IPI | Imposto sobre Produtos Industrializados
O que você achou do nosso novo site?
Ótimo
Bom
Regular

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou nesta terça-feira (6) regras para a aplicação da chamada "tarifa branca", que prevê a cobrança de preços diferenciados pela energia elétrica dependendo do horário do consumo.

As distribuidoras têm até 1º de janeiro de 2018 para oferecer essa opção aos clientes. O cliente decide se quer aderir a esse sistema ou não.

Na regulamentação, votada nesta terça-feira na reunião semanal da agência, foi determinado também que antes da adesão ao novo sistema de tarifação, haja uma campanha de esclarecimento das regras junto aos consumidores.

O princípio dessa nova tarifa é o de cobrar menos para a energia consumida fora dos chamados horários de pico, como o fim de tarde e início da noite dos dias de semana, quando a demanda diária por eletricidade atinge seus maiores níveis.

Fonte: uol.com.br


Site desenvolvido pela TBrWeb (XHTML / CSS)
Visitas ao site: 55578
Leal Contábil e Consultoria  |  Fone 98. 3312 6092  Avenida Colares Moreira, Quadra 28, Lote 07
Edifício Vinicius de Moraes, sala 901 | Bairro Calhau | CEP: 65.071-322 | São Luís - Maranhão