Comgás reduz tarifas de gás a partir de segunda-feira

Cotações e Índices

Moedas - 18/01/2019 16:18:40
  • Nome
  • Compra
  • Venda
  • Comercial
  • 3,760
  • 3,761
  • Paralelo
  • 3,730
  • 3,920
  • Turismo
  • 3,610
  • 3,910
  • Euro
  • 4,271
  • 4,275
  • Iene
  • 0,034
  • 0,034
  • Franco
  • 3,779
  • 3,778
  • Libra
  • 4,846
  • 4,851
  • Ouro
  • 154,100
  •  
Mensal - 06/12/2018
  • Índices
  • Set
  • Out
  • Inpc/Ibge
  • 0,21
  • 0,40
  • Ipc/Fipe
  • 0,39
  • 0,48
  • Ipc/Fgv
  • 0,34
  • 0,48
  • Igp-m/Fgv
  • 1,52
  • 0,89
  • Igp-di/Fgv
  • -
  • 0,26
  • Selic
  • 0,47
  • 0,54
  • Poupança
  • 0,50
  • 0,50
  • TJLP
  • 0,55
  • 0,55
  • TR
  • -
  • -

Obrigações Tributárias do Dia

  • 21/Janeiro/2018 – 2ª Feira.
  • Simples Nacional.
  • IRPJ/CSL/PIS/COFINS | Incorporações imobiliárias | Regime Especial de Tributação – PMCMV.
  • IRPJ/CSL/PIS/COFINS | Incorporações imobiliárias | Regime Especial de Tributação.
  • Previdência Social (INSS) | Parcelamento excepcional de débitos de Pessoas Jurídicas.
  • Parcelamento especial da Contribuição Social do salário-educação.
  • Previdência Social (INSS) | Parcelamento Especial de Débitos - PAES.
O que você achou do nosso novo site?
Ótimo
Bom
Regular

A Companhia de Gás de São Paulo (Comgás), maior distribuidora de gás natural do Brasil, terá redução de tarifas a partir de segunda-feira (3), segundo deliberação da Agência Reguladora de Saneamento e Energia do Estado de São Paulo (Arsesp), publicada neste sábado (1º).

Será a segunda redução de tarifas neste ano, afirmou a companhia em comunicado. A medida é válida para o gás natural canalizado da Comgás nos segmentos comercial, industrial, cogeração e residencial (exceto a parte fixa da tarifa).

Os percentuais de redução, resultado do alinhamento do custo de gás, em função da queda do preço do petróleo, diferem de acordo com o segmento de mercado e o volume de consumo.

"Essa segunda redução de preços anunciada pela Arsesp aumenta ainda mais a competitividade do gás natural, uma alternativa energética segura, eficiente e versátil", afirmou o presidente da Comgás, Nelson Gomes, em comunicado.

Em alguns casos, a queda na tarifa pode chegar a 3 por cento no segmento residencial, 6 por cento para os comércios, 10 por cento para a indústria e até 12 por cento para cogeração.

Já o custo do Gás Natural Veicular (GNV), aplicado para os postos de combustíveis, ficará praticamente estável.

As novas tarifas são válidas para os clientes da área de concessão da Comgás, que compreende 177 municípios na Região Metropolitana de São Paulo, Região Administrativa de Campinas, Vale do Paraíba e Baixada Santista. 

O primeiro ajuste com redução de tarifas neste ano havia sido definido pela Arsesp em maio.

No ano de 2016, a redução de tarifas da Comgás foi bastante significativa, segundo a empresa: para o segmento industrial, por exemplo, a redução foi de mais de 25 por cento (para o consumo acima de 500 mil m3/mês).

A Comgás conta com 1.634.222 clientes, segundo dados divulgados em agosto no balanço trimestral. São 1.617.327 clientes residenciais, 15.466 comerciais, 1.130 industriais, 26 projetos de cogeração e 271 postos de combustíveis com GNV.

Fonte: uol.com.br


Site desenvolvido pela TBrWeb (XHTML / CSS)
Visitas ao site: 51717
Leal Contábil e Consultoria  |  Fone 98. 3312 6092  Avenida Colares Moreira, Quadra 28, Lote 07
Edifício Vinicius de Moraes, sala 901 | Bairro Calhau | CEP: 65.071-322 | São Luís - Maranhão