Mães poderão sacar FGTS no nascimento do filhos, prevê projeto

Cotações e Índices

Moedas - 23/05/2019 16:29:44
  • Nome
  • Compra
  • Venda
  • Comercial
  • 4,048
  • 4,048
  • Paralelo
  • 4,010
  • 4,220
  • Turismo
  • 3,880
  • 4,210
  • Euro
  • 4,525
  • 4,527
  • Iene
  • 0,037
  • 0,037
  • Franco
  • 4,037
  • 4,036
  • Libra
  • 5,120
  • 5,125
  • Ouro
  • 164,140
  •  
Mensal - 06/05/2019
  • Índices
  • Fev
  • Mar
  • Inpc/Ibge
  • 0,54
  • 0,77
  • Ipc/Fipe
  • 0,54
  • 0,51
  • Ipc/Fgv
  • 0,35
  • 0,65
  • Igp-m/Fgv
  • 0,88
  • 1,26
  • Igp-di/Fgv
  • 1,25
  • 1,07
  • Selic
  • 0,49
  • 0,47
  • Poupança
  • 0,50
  • 0,50
  • TJLP
  • 0,59
  • 0,59
  • TR
  • -
  • -

Obrigações Tributárias do Dia

  • 24/Maio/2019
  • COFINS
  • PIS/Pasep
  • IPI | Imposto sobre Produtos Industrializados
O que você achou do nosso novo site?
Ótimo
Bom
Regular

Um projeto de lei que tramita pelo Senado prevê que mães que trabalham poderão sacar os recursos do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço). A medida, aprovada pela Comissão de Assuntos Sociais (CAS) da casa, deverá agora seguir para a Câmara, se não houver recursos.
Segundo o autor do texto, senador Garibaldi Alves (PMDB-RN), as mães poderão sacar o dinheiro vinculado ao FGTS em até seis parcelas mensais, no valor de um salário-mínimo, durante o primeiro ano de vida da criança. A proposta vale apenas para as mulheres que dependam apenas de si para o sustento dos filhos.
“De nada adianta a reserva em dinheiro se não puder ser utilizada nos momentos fundamentais da vida de uma pessoa. É preciso maximizar os benefícios desses créditos”,afirmou Alves.

A legislação permite o saque do FGTS em 18 hipóteses, como demissão sem justa causa, aposentadoria ou idade superior a 70 anos, entre outras. O montante também é bastante utilizado para financiar imóveis.

fonte: veja.com


Site desenvolvido pela TBrWeb (XHTML / CSS)
Visitas ao site: 55581
Leal Contábil e Consultoria  |  Fone 98. 3312 6092  Avenida Colares Moreira, Quadra 28, Lote 07
Edifício Vinicius de Moraes, sala 901 | Bairro Calhau | CEP: 65.071-322 | São Luís - Maranhão