Finalmente! Facebook anuncia serviço para combater "Fake News" no Brasil

Cotações e Índices

Moedas - 14/11/2019 08:48:29
  • Nome
  • Compra
  • Venda
  • Comercial
  • 4,186
  • 4,187
  • Paralelo
  • 4,130
  • 4,360
  • Turismo
  • 4,120
  • 4,370
  • Euro
  • 4,598
  • 4,599
  • Iene
  • 0,039
  • 0,039
  • Franco
  • 4,233
  • 4,232
  • Libra
  • 5,366
  • 5,368
  • Ouro
  • 196,700
  •  
Mensal - 23/09/2019
  • Índices
  • Jul
  • Ago
  • Inpc/Ibge
  • 0,10
  • 0,12
  • Ipc/Fipe
  • 0,14
  • 0,33
  • Ipc/Fgv
  • 0,31
  • 0,17
  • Igp-m/Fgv
  • 0,40
  • -0,67
  • Igp-di/Fgv
  • -0,01
  • -0,51
  • Selic
  • 0,53
  • 0,49
  • Poupança
  • 0,50
  • 0,50
  • TJLP
  • 0,59
  • 0,59
  • TR
  • -
  • -

Obrigações Tributárias do Dia

  • 14/Novembro/2019
  • EFD Contribuições.
  • IPI | Demonstrativo de Crédito Presumido (DCP)
  • CIDE | Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico.
  • COFINS/PIS-PASEP | Retenção na Fonte – Autopeças.
  • Escrituração Fiscal Digital de Retenções e Outras Informações Fiscais (EFD-Reinf)
  • Declaração de Débitos e Créditos Tributários Federais Previdenciários e de Outras Entidades e Fundos (DCTFWeb)
O que você achou do nosso novo site?
Ótimo
Bom
Regular

Mas aqui em terras tupiniquins, o combate às notícias falsas por parte da rede social de Mark Zuckerberg está apenas começando — a plataforma acaba de anunciar um serviço que visa reduzir em até 80% a disseminação desse tipo de conteúdo.

Em parceria com a "Aos Fatos" e "Agência Lupa" — duas agências nacionais de checagem de fatos —, a plataforma lançará na próxima semana um programa de verificação de notícias, similar ao que já possuo nos Estados Unidos.

Ambas as empresas ficarão responsáveis por analisar as Fake News e sua suposta veracidade; caso seja confirmado que tratam-se de notícias falsas, além dos administradores das páginas serem avisados e proibidos e impulsioná-las, sua distribuição no Feed de Notícias será reduzida.

Em casos onde haja reincidência de publicações falsas, as páginas perderão a habilidade de impulsionar qualquer tipo de postagem ou promover anúncios.

A medida chega em ótima hora, ainda mais, quando consideramos que 2018 trata-se de um ano eleitoral aqui no Brasil.

Pode ser que o Facebook tenha resolvido se focar em nosso país por causa dos rumores de que as Fake News teriam influenciado diretamente nas eleições estadunidenses em 2016, quando Donald Trump foi eleito Presidente.

Ainda não sabemos se o programa de combate às notícias falsas do Facebook será um sucesso, mas pelo menos, podemos ver que Mark Zuckerberg e sua equipe estão trabalhando para tentar conter e, de certa forma, solucionar esse problema.

Fonte: TudoCelular.com | 11/05/2018


Site desenvolvido pela TBrWeb (XHTML / CSS)
Visitas ao site: 60890
Leal Contábil e Consultoria  |  Fone 98. 3312 6092  Avenida Colares Moreira, Quadra 28, Lote 07
Edifício Vinicius de Moraes, sala 901 | Bairro Calhau | CEP: 65.071-322 | São Luís - Maranhão