A Google cuida do resto: campanhas inteligentes de anúncios chegam ao Brasil

Cotações e Índices

Moedas - 22/05/2019 13:15:13
  • Nome
  • Compra
  • Venda
  • Comercial
  • 4,028
  • 4,028
  • Paralelo
  • 4,000
  • 4,210
  • Turismo
  • 3,870
  • 4,190
  • Euro
  • 4,493
  • 4,495
  • Iene
  • 0,037
  • 0,037
  • Franco
  • 3,994
  • 3,993
  • Libra
  • 5,105
  • 5,107
  • Ouro
  • 166,040
  •  
Mensal - 06/05/2019
  • Índices
  • Fev
  • Mar
  • Inpc/Ibge
  • 0,54
  • 0,77
  • Ipc/Fipe
  • 0,54
  • 0,51
  • Ipc/Fgv
  • 0,35
  • 0,65
  • Igp-m/Fgv
  • 0,88
  • 1,26
  • Igp-di/Fgv
  • 1,25
  • 1,07
  • Selic
  • 0,49
  • 0,47
  • Poupança
  • 0,50
  • 0,50
  • TJLP
  • 0,59
  • 0,59
  • TR
  • -
  • -

Obrigações Tributárias do Dia

  • 22/Maio/2019
  • DCTF Mensal | Declaração de Débitos e Créditos Tributários Federais
O que você achou do nosso novo site?
Ótimo
Bom
Regular

Vimos que no começo do ano a Google liberou uma ferramenta para quem usa o Adsense otimizar os blocos de anúncios em suas páginas, sob a promessa de que isso poderia melhorar o desempenho da conversão de campanhas em uma média de 15%.

Pois bem, foi em junho que uma outra solução visando melhorar a outra ponta dessa comunicação foi anunciada. Disponibilizada inicialmente nos Estados Unidos, as campanhas inteligentes do Google Ads chegaram integrando o uso de machine learning para anunciantes atingirem seus objetivos, principalmente aqueles que trabalham em empresas de pequeno ou médio porte.

Isso porque a plataforma se tornou mais acessível: agora, basta dizer à companhia qual é o seu objetivo com os anúncios, que pode ser receber mais ligações telefônicas, atrair clientes para uma loja física, ou levar consumidores a finalizarem uma compra online.

Com isso determinado, basta escrever o texto da campanha, e determinar o orçamento. Pronto! A Google cuida do resto para você.

Segundo a gigante de buscas, a nova plataforma de propaganda entrega resultados até três vezes melhores. Isso porque o sistema passa a entregar o conteúdo em momentos oportunos, quando o potencial cliente está mais propenso a tomar uma decisão. E como a empresa sabe disso? Bem, ela é a Google.

Os formatos disponíveis seguem sendo os mesmos, podendo mirar a busca textual, vídeos do YouTube, e até o Mapas.

Chegando ao Brasil hoje (12), a novidade já foi testada no Rio Grande do Sul no mês passado: lá, o empreendedor Roberto Rocha conseguiu um aumento de 40% na sua demanda após o uso das campanhas inteligentes em relação à julho, conforme informa a companhia.

O Brasil se junta ao México na estreia do recurso na América Latina.

Vale lembrar, a gigante de buscas tem expandido as possibilidades de anunciantes levarem seus produtos ao consumidor: em maio, começaram a ser vistas propagandas diretamente no Google Feed do Android.

Fonte: TudoCelular | 13/09/2018


Site desenvolvido pela TBrWeb (XHTML / CSS)
Visitas ao site: 55514
Leal Contábil e Consultoria  |  Fone 98. 3312 6092  Avenida Colares Moreira, Quadra 28, Lote 07
Edifício Vinicius de Moraes, sala 901 | Bairro Calhau | CEP: 65.071-322 | São Luís - Maranhão