Falha no WhatsApp permitiu invasão de hackers a contas por chamada de vídeo, diz mídia

Cotações e Índices

Moedas - 18/03/2019 17:00:20
  • Nome
  • Compra
  • Venda
  • Comercial
  • 3,790
  • 3,792
  • Paralelo
  • 3,770
  • 3,960
  • Turismo
  • 3,640
  • 3,940
  • Euro
  • 4,297
  • 4,300
  • Iene
  • 0,034
  • 0,034
  • Franco
  • 3,787
  • 3,788
  • Libra
  • 5,023
  • 5,026
  • Ouro
  • 158,300
  •  
Mensal - 14/02/2019
  • Índices
  • Dez
  • Jan
  • Inpc/Ibge
  • 0,14
  • 0,36
  • Ipc/Fipe
  • 0,09
  • 0,58
  • Ipc/Fgv
  • 0,21
  • 0,57
  • Igp-m/Fgv
  • -0,49
  • 0,01
  • Igp-di/Fgv
  • -0,45
  • 0,07
  • Selic
  • 0,49
  • 0,54
  • Poupança
  • 0,50
  • 0,50
  • TJLP
  • 0,56
  • -
  • TR
  • -
  • -

Obrigações Tributárias do Dia

  • 18/Março/2019
  • EFD Contribuições
O que você achou do nosso novo site?
Ótimo
Bom
Regular

Uma falha no WhatsApp, serviço de mensagens que pertence ao Facebook, permitiu que hackers assumissem os aplicativos de usuários quando eles atendessem a uma chamada de vídeo, informaram os websites de tecnologia ZDnet e The Register nesta quarta-feira (10).

A vulnerabilidade, que afetou os aplicativos do WhatsApp em smartphones Apple e Android, foi descoberta no fim de agosto e corrigida pelo Facebook no início de outubro, de acordo com nota técnica publicada online.

O Facebook não respondeu imediatamente a pedidos por comentários. Não está claro se a falha foi usada alguma vez em qualquer ataque antes de ser corrigida.

"Isso é uma grande coisa", disse no Twitter Travis Ormandy, um pesquisador do Google Project Zero que descobriu a falha. "Apenas responder a uma chamada de um ataque poderia comprometer completamente o WhatsApp."

O Facebook sofreu com uma série de problemas relacionados à segurança no ano passado. A empresa divulgou na semana passada sua maior falha de segurança que afetou quase 50 milhões de contas.

Fonte: G1 Globo | 10/10/2018


Site desenvolvido pela TBrWeb (XHTML / CSS)
Visitas ao site: 53209
Leal Contábil e Consultoria  |  Fone 98. 3312 6092  Avenida Colares Moreira, Quadra 28, Lote 07
Edifício Vinicius de Moraes, sala 901 | Bairro Calhau | CEP: 65.071-322 | São Luís - Maranhão