Copacabana terá reconhecimento facial para combate ao crime no Carnaval

Cotações e Índices

Moedas - 22/03/2019 13:21:04
  • Nome
  • Compra
  • Venda
  • Comercial
  • 3,888
  • 3,889
  • Paralelo
  • 3,820
  • 4,030
  • Turismo
  • 3,730
  • 4,040
  • Euro
  • 4,391
  • 4,393
  • Iene
  • 0,035
  • 0,035
  • Franco
  • 3,915
  • 3,914
  • Libra
  • 5,136
  • 5,137
  • Ouro
  • 159,000
  •  
Mensal - 14/02/2019
  • Índices
  • Dez
  • Jan
  • Inpc/Ibge
  • 0,14
  • 0,36
  • Ipc/Fipe
  • 0,09
  • 0,58
  • Ipc/Fgv
  • 0,21
  • 0,57
  • Igp-m/Fgv
  • -0,49
  • 0,01
  • Igp-di/Fgv
  • -0,45
  • 0,07
  • Selic
  • 0,49
  • 0,54
  • Poupança
  • 0,50
  • 0,50
  • TJLP
  • 0,56
  • -
  • TR
  • -
  • -

Obrigações Tributárias do Dia

  • 25/Março/2019
  • DCTF Mensal | Declaração de Débitos e Créditos Tributários Federais
  • DCTF - Inativa | Declaração de Débitos e Créditos Tributários Federais
  • IRRF | Imposto de Renda Retido na Fonte
  • COFINS
  • PIS/Pasep
  • IPI | Imposto sobre Produtos Industrializados
O que você achou do nosso novo site?
Ótimo
Bom
Regular

Todo mundo sabe que no Carnaval alguns delitos que costumam acontecer nos eventos com número passivo de pessoas aumentam — como furtos e agressões. Como na Cidade Maravilhosa os índices são ainda maiores, o governo do Estado do Rio de Janeiro resolveu usar a tecnologia para diminuir a criminalidade durante esse período.

Intenção do governo do Rio é de ampliar a cobertura do reconhecimento facial para outros bairros populares muito em breve

Copacabana vai receber um programa de reconhecimento facial com ajuda de novos equipamentos e por meio das câmeras de trânsito e segurança instaladas nas ruas do bairro carioca. Com isso, a Secretaria de Estado da Polícia Militar poderá identificar pessoas com possuam pedidos de prisão ou verificar placas de carros para saber se eles são roubados.

O projeto envolve as secretarias de Polícia Militar e de Polícia Civil, Detran, Prefeitura do Rio de Janeiro e a empresa de telefonia Oi, que cede o software para o funcionamento do sistema. As imagens serão transmitidas diretamente para o Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), na Cidade Nova, região do central do Rio. Lá, os operadores vão checar as informações enviadas com os bancos de dados da Polícia Civil, no caso da identificação biométrica, e do Detran para a numeração dos veículos.

Copacabana foi escolhida por ser tornar o destino mais popular dos turistas nessa época do ano. Como o custo do projeto está incluso no contrato de atendimento da Oi com os órgãos de segurança na instalação de programas de comunicação nos automóveis dos policiais, a intenção é ampliar a cobertura para outras localidades muito em breve.

Fonte: Tecmundo | 29/01/2019


Site desenvolvido pela TBrWeb (XHTML / CSS)
Visitas ao site: 53324
Leal Contábil e Consultoria  |  Fone 98. 3312 6092  Avenida Colares Moreira, Quadra 28, Lote 07
Edifício Vinicius de Moraes, sala 901 | Bairro Calhau | CEP: 65.071-322 | São Luís - Maranhão