Bovespa avança e bate os 100 mil pontos pela primeira vez

Cotações e Índices

Moedas - 14/11/2019 17:22:43
  • Nome
  • Compra
  • Venda
  • Comercial
  • 4,186
  • 4,187
  • Paralelo
  • 4,130
  • 4,360
  • Turismo
  • 4,120
  • 4,370
  • Euro
  • 4,598
  • 4,599
  • Iene
  • 0,039
  • 0,039
  • Franco
  • 4,233
  • 4,232
  • Libra
  • 5,366
  • 5,368
  • Ouro
  • 196,700
  •  
Mensal - 23/09/2019
  • Índices
  • Jul
  • Ago
  • Inpc/Ibge
  • 0,10
  • 0,12
  • Ipc/Fipe
  • 0,14
  • 0,33
  • Ipc/Fgv
  • 0,31
  • 0,17
  • Igp-m/Fgv
  • 0,40
  • -0,67
  • Igp-di/Fgv
  • -0,01
  • -0,51
  • Selic
  • 0,53
  • 0,49
  • Poupança
  • 0,50
  • 0,50
  • TJLP
  • 0,59
  • 0,59
  • TR
  • -
  • -

Obrigações Tributárias do Dia

  • 18/Novembro/2019
  • INSS | Previdência Social
O que você achou do nosso novo site?
Ótimo
Bom
Regular

O Ibovespa, principal indicador da bolsa paulista, a B3, opera em alta nesta segunda-feira (18), batendo a marca de 100.000 pontos. Os ganhos nesta segunda vêm em meio a cenário de maior apetite por ativos de risco no exterior, enquanto investidores aguardam a tramitação da proposta da reforma da Previdência.

Às 16h03, o Ibovespa subia 0,75%, a 99.885 pontos. Veja mais cotações. Às 14h44, o índice atingiu o patamar de 100 mil pontos. Na máxima do dia até o momento, foi a 100.038. No acumulado do ano, a bolsa sobe por volta de 13%.

Destaques do dia
No radar, está a viagem do presidente Jair Bolsonaro para Washington, com o mercado de olho em um possível acordo de investimento entre Brasil e EUA. Bolsonaro chegou no domingo a Washington para uma visita de três dias, acompanhado do ministro da Economia, Paulo Guedes, entre outras pessoas.

Para o analista da Guide Investimentos Rafael Passos, o movimento do Ibovespa acompanha o cenário externo, em dia positivo para os mercados emergentes. "Os ativos de risco estão tomando um fôlego e o Ibovespa se beneficia disso. Internamente, o foco ainda se volta para os avanços da reforma da Previdência", afirmou à Reuters.

Entre as ações, Marfrig se destacava subindo em torno de 4%, tendo como pano de fundo declarações da ministra da Agricultura, Tereza Cristina, dizendo que pretende organizar uma missão para a China para tentar ampliar as exportações de carne suína, bovina e de frango ao mercado chinês.

Ambev também subia ao redor de 4%, tendo no radar noticiário positivo sobre vendas de cerveja no país durante o período de carnaval.

Já a Vale ajudava a conter a alta do Ibovespa, caindo quase 1% após a notícia de bloqueio de R$ 1 bilhão da companhia pela Justiça de Nova Lima, em Minas Gerais, para garantir eventual ressarcimento de prejuízos após a evacuação de moradores na comunidade São Sebastião das Águas Claras-Macacos.

Na sexta-feira (15), o índice renovou mais uma vez o recorde de pontuação no fechamento. O Ibovespa subiu 0,54%, a 99.136 pontos. Na máxima do dia, chegou aos 99.393 pontos.

Fonte: G1 Globo | 18/03/2019


Site desenvolvido pela TBrWeb (XHTML / CSS)
Visitas ao site: 60927
Leal Contábil e Consultoria  |  Fone 98. 3312 6092  Avenida Colares Moreira, Quadra 28, Lote 07
Edifício Vinicius de Moraes, sala 901 | Bairro Calhau | CEP: 65.071-322 | São Luís - Maranhão