CNPJ: 10 passos para você aprender a criar o seu

Cotações e Índices

Moedas - 14/11/2019 17:22:43
  • Nome
  • Compra
  • Venda
  • Comercial
  • 4,186
  • 4,187
  • Paralelo
  • 4,130
  • 4,360
  • Turismo
  • 4,120
  • 4,370
  • Euro
  • 4,598
  • 4,599
  • Iene
  • 0,039
  • 0,039
  • Franco
  • 4,233
  • 4,232
  • Libra
  • 5,366
  • 5,368
  • Ouro
  • 196,700
  •  
Mensal - 23/09/2019
  • Índices
  • Jul
  • Ago
  • Inpc/Ibge
  • 0,10
  • 0,12
  • Ipc/Fipe
  • 0,14
  • 0,33
  • Ipc/Fgv
  • 0,31
  • 0,17
  • Igp-m/Fgv
  • 0,40
  • -0,67
  • Igp-di/Fgv
  • -0,01
  • -0,51
  • Selic
  • 0,53
  • 0,49
  • Poupança
  • 0,50
  • 0,50
  • TJLP
  • 0,59
  • 0,59
  • TR
  • -
  • -

Obrigações Tributárias do Dia

  • 18/Novembro/2019
  • INSS | Previdência Social
O que você achou do nosso novo site?
Ótimo
Bom
Regular

Ter um Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas (CNPJ) é o primeiro passo para abrir sua empresa. Se você ainda não leu o nosso artigo sobre a importância de ter CNPJ é necessário para entender o passo a passo de criar um CNPJ.

Quando você estiver tranquilo na internet, aproveite para começar o processo de criação do seu CNPJ, ele é emitido online pela própria Receita Federal.

Você pode fazer tudo sozinho, a própria Receita Federal disponibilizava cursos gratuitos, onde  você poderia aprender um pouco mais sobre esse processo.

Você também pode contratar um profissional para te auxiliar se você não se sentir confiante em passar por esse procedimento sozinho.

10 passos para você criar seu CNPJ:

1° Primeiro de tudo, ajeite sua poltrona e fique à vontade. Logo após, faça o download do Programa Gerador de Documentos de CNPJ;

2° Depois disso, acesse o programa baixado e preencha todos os campos necessários na ficha, depois envie o documento Ficha Cadastral da Pessoa Jurídica (FCJP) e também o Quadro de Sócios e Administradores (QSA). Observe que nesse formulário, outras informações serão necessárias, como a razão social, o setor de atividade e o próprio endereço;

3° Depois você deverá escrever no Quadro de Sócios o nome de quem será seu parceiro e também responsável pela empresa, além disso, os sócios participarão no capital da empresa e tudo isso deve ser explicado no documento;

4° Verifique quais são os tipos de sociedade permitidas em uma empresa. Cada empresa se encaixa em um regime tributário diferente, portanto, você deve escolher um destes também;

Depois que você conseguir submeter todos os documentos, guarde o comprovante para poder verificar o status do seu pedido;

6° A partir de então, a Receita Federal vai verificar o seu preenchimento para te notificar caso haja algum erro ou documentos em falta. Erros de preenchimento ou documentos faltando são comuns em processos de qualquer natureza. Para garantir que isso não aconteça com você, sempre verifique várias vezes os documentos pedidos com os que você já tiver, verifique também todas as assinaturas e comprovantes;

7° Deu tudo certo? Se você precisou refazer ou não o processo, agora é hora de imprimir os papéis que tem o nome de Documento Básico de Entrada no CNPJ (DBE);

8° Com os DBE em mãos, vá a um cartório de sua cidade para reconhecer firma de todos eles, atente-se aos valores deste procedimento;

9° Envie para uma unidade cadastradora que lhe foi informada lá no final daquele processo online. Você também pode entregar a papelada por alguma agência do correio ou pessoalmente no endereço;

10° Agora aguarde a conclusão do procedimento, veja que, na legislação não há um prazo definido para isso. A média é de 5 dias, tudo depende da demanda e da sua localidade, com isso pode chegar até um mês. Não há necessidade de estresse ou ansiedade para que o processo se finalize. Enquanto você espera, pode acompanhar tudo pelo site.

Acabou! Simples não, é?

Enquanto aguarda, aproveite para entender melhor sobre as melhores formas de gerenciar o seu negócio.

Você pode também, caso não se encaixe em nenhuma das categorias de empresas citadas no site da Receita Federal, é possível adquirir o seu CNPJ através da criação de uma empresa sendo Microempreendedor Individual(MEI).

Como já explicamos o que é o MEI aqui. Apenas verifique se sua renda será de até 81 mil reais por ano e que você não tem sociedade com nenhuma outra empresa.

Se estiver tudo dentro dessas especificações você poderá ser um MEI e desfrutar dos benefícios de ter um CNPJ através de um processo mais simplificado e acessível. Esse processo para criação do MEI é feito através da internet mesmo.

Fonte: Jornal Contábil | 14/08/2019


Site desenvolvido pela TBrWeb (XHTML / CSS)
Visitas ao site: 60936
Leal Contábil e Consultoria  |  Fone 98. 3312 6092  Avenida Colares Moreira, Quadra 28, Lote 07
Edifício Vinicius de Moraes, sala 901 | Bairro Calhau | CEP: 65.071-322 | São Luís - Maranhão