EDUCAÇÃO: UMA GRANDE INTERROGAÇÃO?

Cotações e Índices

Moedas - 06/12/2019 17:38:20
  • Nome
  • Compra
  • Venda
  • Comercial
  • 4,136
  • 4,137
  • Paralelo
  • 4,150
  • 4,390
  • Turismo
  • 4,020
  • 4,310
  • Euro
  • 4,647
  • 4,652
  • Iene
  • 0,039
  • 0,039
  • Franco
  • 4,239
  • 4,240
  • Libra
  • 5,480
  • 5,484
  • Ouro
  • 198,480
  •  
Mensal - 03/12/2019
  • Índices
  • Set
  • Out
  • Inpc/Ibge
  • -0,05
  • 0,04
  • Ipc/Fipe
  • -
  • 0,16
  • Ipc/Fgv
  • -
  • -0,09
  • Igp-m/Fgv
  • -0,01
  • 0,68
  • Igp-di/Fgv
  • 0,50
  • 0,55
  • Selic
  • 0,46
  • 0,48
  • Poupança
  • 0,50
  • 0,50
  • TJLP
  • 0,59
  • 0,59
  • TR
  • -
  • -

Obrigações Tributárias do Dia

  • 10/Dezembro/2019
  • Comprovante de Juros sobre o Capital Próprio-PJ.
  • IPI | Imposto sobre Produtos Industrializados.
  • Envio da Guia da Previdência Social aos Sindicatos.
O que você achou do nosso novo site?
Ótimo
Bom
Regular

Apesar do desemprego, uma EDUCAÇÃO DE QUALIDADE faz a diferença no seu futuro promissor e em alguns países, afeta até o destino da Nação, inclusive o sistema político.

A EDUCAÇÃO DE QUALIDADE tem seus princípios e deve servir para formar um profissional para o mundo globalizado e que tenha condições de adentrar no mercado de trabalho em condições normais, podendo disputar os cargos ou funções com os recursos e ensinamentos favoráveis.

Em países onde o desemprego se movimenta exponencialmente motivado por CRISES existenciais (econômica, política, social), é fato comum o nível de desempregados se elevarem, mas para o seu retorno ou recolocação ou mesmo o primeiro emprego se faz necessário ensinamentos focados no Mundo Globalizado que hoje se agrega a Inteligência Artificial, daí a necessidade de profissionais antenados com esses conhecimentos.

Diante desse fato, se faz necessário uma AUTOANÁLISE pelos responsáveis e gestores educacionais e pelo próprio profissional, quando optar por uma IES – Instituição de Ensino Superior, que acompanhe essa evolução inclusive com seu Corpo Docente e Discente.

Obstante ao fato e diante de nossa pesquisa se faz necessário fazer uma comparação dos postulados educacionais praticados pela IES, e que deve seguir com os MESTRES que as disciplinas.

 

Os setes Pilares da Educação, segundo Edgard Morin:
a) Um conhecimento capaz de criticar o próprio conhecimento;

b) Discernir as informações chaves, tendo claros os princípios do conhecimento pertinente;

c) Ensinar a condição humana;

e) Ensinar a identidade terrena;

f)  Enfrentar as incertezas;

g) Ensinar a compreensão;

h) A ética do gênero humano.

 

Na Finlândia temos:

  • Valorização do Professor;
  • Respeito ás diferenças;
  • Igualdade e gratuidade;
  • Valorização das artes;
  • Menos Prova e mais Utilidade.

 

Na CHINA, temos:

  • Rigorosidade;
  • Disciplina;
  • Competitividade

 

Na Rússia, temos:

  • Escola – Vida;
  • Politécnico – Teoria e Prática;
  • Livre de influência religiosa;
  • Trabalho socialmente produtivo.

 

A EDUCAÇÃO DE QUALIDADE usa a INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL, e possibilita:

  • Conectividade dos sistemas e facilidade de acesso ao conhecimento;
  • Inteligência artificial, automação e sistema robotizado;
  • Novas mídias e Big Data;
  • Velocidade da inovação;
  • Desenvolvimento de novas habilidades e conhecimentos constantes;
  • Entender Machine Learning;
  • Conviver com o Deep Learning;

 

No Brasil, segundo o M E C, temos:

  • Aprender a conhecer;
  • Aprender a fazer;
  • Aprender a viver com os outros;
  • Aprender a ser.

 

Agora, podemos aferir e analisar os fatos que comprovam a fragilidade de nossa educação, quando comparada com alguns países citados acima, devemos observar com eficiência que os 210 milhões de habitantes do Brasil, precisam se adequar a Globalização e a Inteligência Artificial se desejarem algum futuro promissor diante do mundo moderno.

Quando uma Nação possui riquezas naturais, terras férteis, e uma população trabalhadora, somente a EDUCAÇÃODE QUALIDADE poderá transformar essas riquezas em bens econômicos que possam minorar os agravos sociais, mas se fazem necessários uma AÇÃO e ATITUDE corretiva das autoridades competentes.

Se o Brasil continuar perdendo profissionais competentes e jovens para o mercado internacional, poderá se transformar num país mais explorado economicamente, sem que os ganhos sejam destinados ao seu crescimento econômico, ou seja, será EXPLORADO pelo Capital especulativo, sem nenhuma pena ou dó, e o único beneficiado será o INVESTIDOR que mora fora do Brasil.

Fonte: www.jornalcontabil.com.br | 27/09/2019


Site desenvolvido pela TBrWeb (XHTML / CSS)
Visitas ao site: 61526
Leal Contábil e Consultoria  |  Fone 98. 3312 6092  Avenida Colares Moreira, Quadra 28, Lote 07
Edifício Vinicius de Moraes, sala 901 | Bairro Calhau | CEP: 65.071-322 | São Luís - Maranhão