INSS: Tempo afastado do trabalho conta para aposentadoria?

Cotações e Índices

Moedas - 31/03/2020 08:09:10
  • Nome
  • Compra
  • Venda
  • Comercial
  • 5,194
  • 5,195
  • Paralelo
  • 4,420
  • 5,160
  • Turismo
  • 5,150
  • 5,460
  • Euro
  • 5,681
  • 5,684
  • Iene
  • 0,048
  • 0,048
  • Franco
  • 5,371
  • 5,378
  • Libra
  • 6,414
  • 6,416
  • Ouro
  • 268,540
  •  
Mensal - 04/03/2020
  • Índices
  • Jan/20
  • Dez/19
  • Inpc/Ibge
  • 0,19
  • 1,22
  • Ipc/Fipe
  • 0,29
  • 0,94
  • Ipc/Fgv
  • 0,59
  • 0,77
  • Igp-m/Fgv
  • 0,48
  • 2,09
  • Igp-di/Fgv
  • 0,09
  • 1,74
  • Selic
  • 0,38
  • 0,37
  • Poupança
  • 0,05
  • 0,05
  • TJLP
  • 5,09
  • 5,57
  • TR
  • -
  • -

Obrigações Tributárias do Dia

  • 31/Março/2020 – 3ª Feira.
  • IOF | Imposto sobre Operações Financeiras.
  • COFINS/PIS-PASEP | Retenção na Fonte – Autopeças.
  • IRPJ/CSL | Imposto de Renda Pessoa Jurídica e da Contribuição Social sobre o Lucro | Apuração mensal.
  • IRPJ/CSL | Imposto de Renda Pessoa Jurídica e da Contribuição Social sobre o Lucro | Apuração trimestral.
  • IRPJ/CSL - Lucro real anual - Saldo de 2019.
  • IRPJ | Imposto de Renda Pessoa Jurídica | Renda variável.
  • IRPJ/Simples Nacional | Ganho de Capital na alienação de Ativos.
  • IRPF | Imposto de Renda Pessoa Física.
  • REFIS/PAES | Programa de Recuperação Fiscal.
  • REFIS | Programa de Recuperação Fiscal.
  • Previdência Social (INSS) | Programa de Modernização da Gestão e de Responsabilidade Fiscal do Futebol Brasileiro | Profut | Parcelamento de débitos junto à RFB e à PGFN.
  • Previdência Social (INSS) | Programa de Recuperação Previdenciária dos Empregadores Domésticos - Redom (Parcelamento de débitos em nome do empregado e do empregador domésticos junto à PGFN e à RFB).
  • DOI | Declaração de Operações Imobiliárias.
  • DME | Declaração de Operações Liquidadas com Moeda em Espécie.
  • Operações com criptoativos.
  • Programa bienal de segurança e medicina do trabalho.
  • Declaração de Benefícios Fiscais (DBF).
  • Declaração de Transferência de Titularidade de Ações (DTTA).
  • Declaração de Informações Socioeconômicas e Fiscais (Defis).
  • Informações prestadas pelas entidades de previdência complementar, sociedades seguradoras e administradoras de Fapi
  • Declaração de Rendimentos Pagos a Consultores por Organismos Internacionais (Derc).
O que você achou do nosso novo site?
Ótimo
Bom
Regular

Quando se trata dos benefícios previdenciários muitas dúvidas acabam surgindo, entre elas será que o tempo afastado conta para aposentadoria? Neste artigo, iremos explicar os principais pontos que se referem à contribuição durante o afastamento, seja por auxílio doença ou aposentadoria por invalidez.

Então, se você se enquadra em alguns desses casos, e quer saber se precisará contribuir novamente, por conta do período afastado (a), após a cessão do seu benefício, vale a pena ficar de olho neste conteúdo até o final!

Tempo afastado conta para aposentadoria?

O auxílio-doença ou aposentadoria por invalidez são destinados aos trabalhadores que, de alguma forma, perderam a sua capacidade para o trabalho. Com isso, é muito comum o surgimento de uma dúvida…


Esse tempo afastado conta para aposentadoria?

Visto que para o homem são necessários 35 anos de contribuição, o segurando que contribui por 30 anos, mas teve que se afastar por 05 anos, vindo a utilizar, assim, o auxílio-doença poderá pedir aposentadoria por tempo de contribuição, mesmo que tenha de volta a sua capacidade para trabalhar?

A resposta para essa pergunta é sim, o segurado poderá fazer o requerimento de sua aposentadoria por tempo de contribuição ou idade, mas desde que o período de afastamento seja intercalado com o período de contribuição. Sendo assim, deverá haver contribuições antes e depois do afastamento.

Dessa forma, o trabalhador, que tenha o auxílio doença ou aposentadoria cessados, poderá retornar ao seu ofício ou fazer pelo menos um recolhimento, ativando assim o período de afastamento para que o mesmo conte como tempo para aposentadoria.

Como funciona em caso de aposentadoria especial?

O benefício da aposentadoria especial é destinado aos trabalhadores que tenham o exercício de sua função em um ambiente que apresente agentes nocivos a saúde, seja por meio de calor, ruído ou radiação.


Com a possibilidade de se aposentarem após cumprirem 25,20 ou 15 anos de contribuição, caso o trabalhador se afaste de seu exercício e venha utilizar o auxílio-doença, o tempo desse benefício será computado para sua aposentadoria especial?

Sim, isso porque, esse tempo de recebimento do auxílio-doença também é considerado especial.

A contagem que acontece, em relação ao tempo de serviço, após retornar ao trabalho é automática?

Esse e um detalhe muito importante, uma vez que o tempo só será computado somente se o trabalhador voltar a contribuir no próximo mês, após o término de seu afastamento. Por esse motivo, se o trabalhador não voltar a contribuir, o tempo de auxílio doença não irá somar para a sua aposentadoria.

Para pessoa empregada, isso acontece automaticamente, agora para o trabalhador autônomo ou desempregado, é fundamental ficar atento ao retorno das contribuições.


Conseguiu entender melhor como funciona a somatória dos períodos para aposentadoria, quando há um afastamento por auxílio doença ou aposentadoria por invalidez?

Fonte: Jornal Contábil - 10/10/2019


Site desenvolvido pela TBrWeb (XHTML / CSS)
Visitas ao site: 64731
Leal Contábil e Consultoria  |  Fone 98. 3312 6092  Avenida Colares Moreira, Quadra 28, Lote 07
Edifício Vinicius de Moraes, sala 901 | Bairro Calhau | CEP: 65.071-322 | São Luís - Maranhão